Como emagrecer e afinar a cintura em 14 passos

Enquanto para algumas pessoas emagrecer e afinar a cintura parece algo muito fácil, para outras, no entanto, parece uma coisa quase impossível.

Pois bem, o que essas pessoas não sabem é que muitos fatores podem influenciar o peso e a perda de gordura localizada, bastando apostar em algumas simples modificações na rotina para aumentar a queima de gordura.

A verdade é que muitas pessoas começam uma dieta e a pegar nos exercícios com força total e, depois de algum tempo, vão se desmotivando.

Pensando nisso, resolvemos mostrar aqui que emagrecer não é nenhum bicho de sete cabeças, que é possível, sim, se livrar daquelas gordurinhas indesejadas seguindo esses 14 passos!

1. Fazendo musculação

Embora a aeróbica seja fundamental para detonar calorias, como caminhadas, corridas ou aulas de dança, a musculação não deve ser deixada de lado, sendo também eficaz para emagrecer e queimar gordura. A musculação pode aumentar o gasto energético em repouso e ainda reduzir a gordura da barriga, principalmente, se combinada com exercícios aeróbicos. Portanto, invista nos dois.

2. Investindo em proteína

Consumir muita proteína diminui o potencial de gordura abdominal, pois ajuda a diminuir o apetite, a ingerir calorias e preservar a massa muscular. A dica, no entanto, é variar as fontes de proteína.

3. Dormindo bem e descansando

Procure dormir, no mínimo, 7 horas por noite, isso irá ajudar a emagrecer. Dormir por tempo suficiente está associado à diminuição do apetite e da fome, assim como a um menor risco de ganho de peso. Quem não dorme bem, tem um aumento do hormônio cortisol, o hormônio do estresse, que causa acúmulo de gordura.

4. Ingerindo boas gorduras

Gorduras saudáveis reduzem o risco de ganho de peso, pois aumentam a saciedade e ainda diminuem a gordura da barriga. Por isso, invista em azeite de oliva, abacate, castanha de caju, castanha do Pará, exemplos de gorduras boas.

5. Não ingerindo álcool

Pesquisas relacionam o consumo de bebidas açucaradas e bebidas alcoólicas ao maior risco de acúmulo de gordura abdominal. Se não for possível cortar, evite, ao máximo, para melhores resultados.

6. Bebendo muita água

A falta de hidratação do corpo pode causar desde inchaço, má circulação, dores de cabeça, até pedras no rim… por isso, ingira mais água, pelo menos, dois litros de água por dia, que é o mínimo recomendado. Quem preferir, pode beber chás, como o verde, o branco, ou de cavalinha e hibisco, que ainda ajudam a secar a barriga.

7. Ingerindo mais fibras

Coloque mais frutas e legumes na sua dieta, além de aumentar as vitaminas, você estará aumentando a ingestão de fibras que, assim como a ingestão de água, resulta em mais idas ao banheiro, ou seja, um intestino funcionando melhor, o que é bom não só para emagrecer, como para diminuir a barriga.

8. Ingerindo menos massas

Se não consegue abrir mão dos pães, bolos e massas, que, pelo menos, sejam feitos de farinha integrais, pois carboidratos refinados podem aumentar a fome e causar picos e quedas nos níveis de açúcar no sangue. E mais, seu consumo está associado ao aumento da gordura abdominal.

9. Caprichando nos exercícios aeróbicos

Quanto mais exercícios aeróbicos fizer, mais gordura abdominal irá perder. Alguns exercícios são especialmente bons para a perda de peso, além de, também, ajudarem a diminuir a gordura abdominal.

10. Ingerindo mais cafeína

A maior ingestão de cafeína está associada a uma maior perda de peso, ainda mais porque o café contém cafeína, que pode aumentar a destruir a gordura e acelerar o metabolismo. Quem não gosta de café, pode substituir, por chá verde ou chá preto, que também contêm cafeína, sem falar que existe, também, cápsulas de cafeína para tomar antes do treino.

11. Fazendo treinos intensos intervalados (HIIT)

Treinamento intervalado intenso ajuda a aumentar a queima de gordura, queimando mais calorias em menos tempo do que outras formas de exercício. O treino HIIT consiste em treinos com exercícios de alta intensidade divididos em pequenos períodos de esforço intenso Altamente eficazes, são feitos em menos tempo e dão resultado mais rápido.

12. Suplementando probióticos

Suplementar probióticos pode ajudar seu intestino trabalhar melhor. Tomar suplementos probióticos, ou aumentar sua ingestão por meio de alimentos, pode ajudar a reduzir o peso corporal e a porcentagem de gordura.

13. Investindo em mais ferro

Segundo estudos, o tratamento da deficiência de ferro ajuda na perda de peso em muitos casos. E mais, a deficiência de ferro pode estar associada à função tireoidiana prejudicada e pode causar sintomas como fadiga e falta de ar.

14. Praticando jejum intermitente

O jejum intermitente está em alta, e isso por reduzir o peso corporal e a gordura corporal, além de ajudar a preservar a massa muscular e secar a gordura da barriga, principalmente, se for combinado com o treinamento de resistência.

Essas são ótimas dicas, mas se você deseja acelerar o processo ainda mais, basta você fazer o uso de algum emagrecedor, o detona gordura funciona muito bem para isso, se você ainda não conhecer esse produto, você pode ver o detona gordura bula que mostra tudo sobre o produto.